sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Alimentos que acabam com a Anemia

A anemia é caracterizada pela deficiência no tamanho ou no número de células sanguíneas (glóbulos vermelhos) ou ainda, na quantidade de hemoglobina (pigmento) que elas contêm, trazendo como conseqüência a limitação das trocas de oxigênio e gás carbônico entre o sangue e as outras células do nosso corpo.

De maneira geral, a anemia pode ser desencadeada por vários fatores: 

Baixa ingestão de alimentos ricos em nutrientes necessários para a produção dos glóbulos vermelhos e da hemoglobina, como ferro, vitamina B12 e ácido fólico;

Perda excessiva de sangue por hemorragia, menstruação intensa ou verminoses;

Anormalidades genéticas;

Aumento das necessidades de nutrientes em determinadas fases, como infância e adolescência (em função do crescimento e desenvolvimento corporal), gestação e amamentação.

Dentre os fatores citados, os tipos mais comuns de anemia são as desencadeadas pela deficiência de nutrientes; sendo que dessas, cerca de 90% ocorrem devido à baixa ingestão de alimentos ricos em ferro.

O consumo de alimentos ricos em ferro é importante em todas as fases da vida, mas em especial para as gestantes, para bebês e para os idosos pois eles possuem uma necessidade maior de ferro no organismo. Da mesma forma as mulheres em idade fértil possuem uma maior necessidade de ferro que os homens, pois elas perdem-no durante a menstruação.

Consumir diariamente alimentos ricos em ferro é a melhor saída contra a anemia, que é causada pela falta de ferro na corrente sanguínea. Mas é preciso ter o cuidado de comê-lo moderadamente e de forma contínua, pois o excesso de ferro no organismo pode gerar sintomas como alterações hormonais, cirrose e insuficiência cardíaca.

Dose diária recomendada de Ferro é: 


Crianças (1-10 anos): 10 mg
Homens: 10 mg
Mulheres em fase pós-menopausa: 10 mg
Mulheres em fase pré-menopausa: 13 mg
Grávidas: 30 mg
Lactantes: 15 mg 

A tabela seguinte apresenta alguns dos alimentos mais ricos em ferro:

Alimento
Quantidade
Ferro (mg)
Alga marinha (arame) seca¼ de chávena (10g)6,4
Alga marinha(nori) seca1 folha seca (3 0,4g)0,4
Ameixa seca10 unidades (85 g)2,1
Batata com casca1 unidade grande (200g)2,8
Beldroegas cozidas100 g3,0
Brócolos½ chávena (80 g)0,9
Cereais enriquecidos (prontos a comer)1 porção (40g)4-18
Couve cozida½ chávena (65g)0,6
Damasco seco10 unidades (35 g)1,7
Ervilhas cruas ou cozidas½ chávena (80g)1,2
Feijão e grão cozidos½ chávena (85 g)2,2-26
Feijão azuki cozido½ chávena (115 g)2,3
Figos secos100 g4,8
Germe de trigo2 colheres de sopa (14g)1,3
Grelos de nabo cozidos100 g3,0
Lentilha cozida½ chávena (100 g)3,3
Pão de centeio escuro1 fatia fina (25 g)0,7
Pão de trigo integral1 fatia (25 g)0,9
Papas de aveia½ chávena (130g)0,8
Sementes de abóbora100 g9
Sementes de sésamo2 colheres de sopa1,5
Tahini2 colheres de sopa (30g)2,7
Tofu½ chávena (125 g)1,5-5
Tomate inteiro1 unidade (125g)0,8


Alimentos ricos em vitamina C, quando consumidos juntamente com alimentos vegetais ricos em ferro aumentam a absorção desse mineral. A maioria dos legumes e muitas frutas são excelentes fontes de vitamina C. As principais fontes são os brócolos, couve de bruxelas, couve- flor e couves de uma forma geral, pimento, tomate, ervilhas, citrinos (laranja, limão, tangerina, toranja), goiaba, kiwi, morango, mamão, etc. O uso de panelas e recipientes de ferro também contribui para aumentar a ingestão de ferro.

Fonte: Terra Centro vegetariano

Benefícios da Alcachofra que age diminuindo o Colesterol

Alcachofra, Cynara scolymus, é uma planta medicinal que serve para emagrecer e para complementar diversos tratamentos tais como: baixar o colesterol; combater a anemia; regular os níveis de açúcar no sangue e combater os gases, por exemplo.

Ela é originária de países do mar mediterrâneo, e para muitos a alcachofra é considerada afrodisíaca.

A alcachofra é antiesclerótica; depurativa do sangue; digestiva; diurética; laxante, anti-reumática; anti-tóxica; hipotensora e é boa para baixar a febre.

  • A alcachofra é diurética: ela aumenta o volume da urina e elimina líquidos
  • É desintoxicante: ajuda a eliminar as toxinas e outros resíduos acumulados no organismo
  • É depurativa: ativa os mecanismos de limpeza do corpo
  • Promove a digestão das gorduras: alcachofra regula o fluxo da bílis, contribuindo para metabolizar as gorduras da alimentação. Assim, estas não se acumulam no corpo, ajudando-nos a emagrecer

Composição Nutricional da Alcachofra

O coração da alcachofra - 100g possui:

  • 16.7 calorias
  • 3.22 g de carboidratos;
  • 0.9 g de proteína;
  • 20 mcg de retinol (vit. A)
  • 250 mcg de vit B1
  • 129 mcg de vit. B2
  • 7,5 mg de Vit. C
No mercado farmacêutico : Alcachofra Milian 200 mg.
 

Afrodisíacos Natural e Energéticos

Catuaba

A catuaba é uma árvore pequena a vigorosa, que produz flores amarelas e cor-de-laranja, e pequenos frutos ovais, amarelados e não comestíveis.

Cresce no norte do Brasil na floresta amazónica. A árvore da catuaba pertence à família Erythroxylaceae 

A catuaba é um afrodisíaco. Estimula o desejo sexual e aumenta a libido tanto no homem como na mulher. Estimula o fluxo sanguíneo aos órgãos genitais, pode fortificar e prolongar uma ereção, aumenta a excitação sexual e dá orgasmos mais fortes. Na catuaba, crê-se que um grupo de três alcalóides chamados catuabina A, B e C aumentam a função sexual estimulando os sistema nervoso. 

Pouco após a ingestão, a maioria das pessoas sentirá formigueiros ao longo da coluna e um aumento da sensualidade pelo corpo inteiro. A pele e os órgãos genitais tornam-se mais sensíveis. É uma erva que dá à tua vida amorosa um impulso especial. 

Marapuama

A árvore da marapuama cresce na Amazónia, Brasil. A parte utilizada da árvore é a casca da raiz. O significado de marapuama é "madeira potente". 

Marapuama é um afrodisíaco. O seu efeito estimula e aumenta a potência. Algum tempo após a sua ingestão, a maior parte das pessoas sente um tremor nas costas e uma sensação sensual por todo o corpo. A pele e os órgãos genitais ficam mais sensíveis. Muito apropriado para melhorar a tua vida amorosa. 

Tribulus Terrestris 

É uma planta da família Zygophyllaceae, seu extrato é obtido dos frutos secos de Tribulus Terrestris e contém esteróides, flavonóides, alcalóides e saponinas, seu uso é tradicional em países do leste europeu, como estimulante da produção de testosterona e para o tratamento de disfunção erétil. É uma erva utilizada na medicina tradicional Chinesa e Indiana por séculos.

Tribulus Terrestris é mais freqüentemente utilizado para ajudar na infertilidade. Na última década, Tribulus Terrestris tornou-se popular por melhorar o desempenho esportivo, é muito usado também para ajudar a tratar a impotência sexual. Estudos em animais constataram que Tribulus Terrestris melhora o comportamento sexual e aumenta a pressão intracavernosa que foi atribuída aos aumentos de testosterona. Tribulus Terrestris possui potente efeito estimulante da libido e pode ser usado tanto por homens como mulheres.

Benefícios 

Estimulante sexual; 

Melhora o desempenho esportivo; 

Aumenta os níveis de testosterona.

Existe hoje no mercado varias vitaminas com Marapuama e Catuaba dentre elas a Virilon.

VIRILON traz a seguinte combinação:

Ginseng: equilibra o organismo, resultando em mais disposição e energia em nosso dia a dia.

Catuaba: aumenta a disposição nos casos de fadiga e cansaço mental.

Marapuama: possui propriedades vitalizantes e revigorantes para o organismo

Vitaminas do Complexo B: A reposição destas vitaminas é importante para o crescimento, manutenção e integridade dos olhos, da pele e das mucosas.

Vitamina E: Possui ação anti-oxidante, protegendo as membranas celulares contra os efeitos degenerativos provocados pelos radicais livres.

Fonte: http://www.virilon.com.br/, http://azarius.pt/

Plantago ovata - Fibra que regula o Intestino Preso



Plantago ovata pertence à família de splantaginaceae.
As sementes da planta Plantago ovata incham com a água, então, para fazê-los crescer no intestino, garantindo maior sensação de saciedade e estimular os movimentos intestinais deve ser consumidos com água. 

As sementes têm mucilagem que forma uma camada que facilita o trânsito intestinal. Plantago ovata é um ingrediente usado em laxante suave.

Em que casos é utilizada :
  • Em casos de constipação , que exigem um laxante suave como: gravidez , em pacientes idosos, pessoas com hemorroidas inflamadas ou que tenham sido submetidos a uma operação.
  • Para evitar a constipação, evitar esforço durante defecação, os pacientes com fissura anal.
  • Na diarréia de origem funcional e como uma medida adicional nos casos de doença de Crohn.
  • Se for necessário aumentar o consumo diários de fibra , e em situações de síndrome do intestino irritável, diverticulose, em dietas hipercolesterolemia e dietas para perder peso.

    O  mercado oferece Plantago ovata de maneiras diferentes.
    • Envelopes (tomado por via oral pode afetar a ação de outros medicamentos, informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar outros medicamentos como sais de lítio, anticoagulantes orais, digoxina, tetraciclina ciprofloxacino, insulina. Como o nome diz tudo o que tem para o médico ou farmacêutico sabe.

    • Em pó ou em grânulos
      • A dose recomendada deve ser definida pelo seu médico. A dose não é sempre a mesma para todas as pessoas. Consulte o seu médico ou farmacêutico sobre a sua dosagem.
      Se você está tomando Plantago ovata.
      • É aconselhável beber muita água, pelo menos 2 litros ao longo do dia.
      • Não dar às crianças plantago Obata abaixo dos 6 anos a menos que recomendado por seu médico.
      • Em pacientes idosos o uso de Plantago Obata deve ser administrada com cautela. Há relatos de efeitos adversos, incluindo uma perda significativa de potássio.

        Não usar Plantago ovata :
        • Se você tiver obstrução intestinal.
        • Em caso de alergia ao medicamento ou aos seus componentes
        • Se houver sangramento, sintomas de apendicite ou cólon lento.

          Fonte:  www.cun.es

Chia emagrece e previne doenças cardiovasculares - Rica em Ômega

Originária do México, a chia é uma semente que foi muito consumida por civilizações antigas, principalmente por quem precisava de força e resistência física. 

Entre os principais componentes está o ômega 3 - em teor mais elevado do que o encontrado na linhaça. também tem fibras, cálcio, magnésio, potássio e proteína.



  • Ômega 3 na chia :  Possui teor mais elevado do que o encontrado em outras sementes.
  • Fibras na chia: Favorece o trânsito intestinal e elimina as toxinas do corpo.
  • Cálcio na chia :Recentemente descoberto, que ele também ajudava a queimar gordura no organismo.
  • Magnésio na chia: Reduz a incidência da síndrome metabólica, condição que inclui o acúmulo de gordura abdominal.
  • Potássio na chia :Essencial para a contração muscular, desempenha um papel importante nas atividades físicas melhorando o rítmo de bombeamento do coração e movimento do corpo.
  • Proteína na chia :Um dos nutrientes principais que o corpo utiliza para gerar energia, sendo essencial para formação o dos músculos que queima mais calorias.

A chia age em três frentes distintas que auxiliam no emagrecimento :


  • Saciedade: "suas sementes são mucilaginosas, ou seja, ricas em fibras. ao entrarem em contato com a água, formam um gel no estômago. diante dessa reação, a digestão torna-se mais lenta. Assim, o indivíduo fica satisfeito mais rapidamente e, então, passa a consumir porções menores".


  • Combate inflamação: "a gordura é resultado de um processo inflamatório do organismo, que deixa de enviar mensagens de saciedade ao cérebro. Com isso, perde-se o controle sobre a fome a ponto de comer e nunca se sentir satisfeita. O ômega 3 presente no grão combate essa inflamação, ajudando o corpo a recuperar o controle sobre o apetite".

· Desintoxica: "a fibra regula o trânsito intestinal e limpa o organismo por meio das fezes.

Outros benefícios :


Além de ajudar o corpo a entrar em forma, a chia colabora na redução do colesterol, controla a glicemia, ajuda na formação óssea, previne o envelhecimento precoce e melhora a imunidade do organismo.

Contraindicações


Qualquer pessoa pode ingerir a semente. Porém, devido ao alto teor calórico, o excesso pode levar ao ganho de peso. Logo, para emagrecer, coma apenas a quantidade indicada na matéria.

Como consumir?


Pode ser encontrada de três formas - in natura (grãos), óleo e farinha. Mas independentemente do jeito que você prefere consumi-la, a chia deve ser ingerida 30 minutos antes de duas das suas principais refeições diárias (café da manhã, almoço ou jantar). Pode ser consumido puro ou misturado a frutas de sua preferência. O ideal é comer uma colher (sopa) da semente 30 minutos antes das refeições. 

Fonte : abril