segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Própolis, repelente natural para mosquito da Dengue


Estudo realizado pelo biólogo Gilvan Barbosa Gama com o apoio da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), descobriu os benefícios proporcionados pela própolis e sua ação como repelente para mosquito, inclusive o da dengue Aedes aegypti.

A própolis é substância resinosa que as abelhas coletam das árvores e enriquecem com suas enzimas, que lhe conferem um grande valor na medicina natural e preventiva. Sua composição além das vitaminas do complexo B, C, H e A, a própolis também possui em sua composição flavonóides galangia (galanga Alpinia), resinas com bálsamo, cera e pólen.

De acordo com o estudo, ficou evidente que a própolis exala na sudorese dois dos seus princípios ativos (flavona e vitamina B) que repelem os insetos.

Principais Benefícios da Própolis


- Ação antibacteriana
- Antiviral
- Antifúngica
- Função imunoestimulante
- Combate os radicais livres
- Função cicatrizante
- Analgésico



Modo de Uso

Uso Preventivo 


A tintura de Própolis na prevenção aos mosquitos da dengue, deve ser ingerida da seguinte forma: Adultos: de 30 a 40 gotas diluídas em água (ausente de cloro). Um copo a cada 6hs. Crianças: crianças de 0 a 10 anos deverão tomar a metade do peso corporal em gotas diluídas em água sem cloro (quantidade a critério).

Dicas Importantes  


- Não esquecer de fazer o teste ALÉRGICO para ver se quem vai tomar a própolis não é alérgico.

- Nunca deixe de usar o repelente, passar o repelente na pele é a arma mais eficaz. A pele é uma barreira natural do corpo, mas o mosquito é capaz de quebra-la com sua picada, por isso é importante preveni-la.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dieta para Regular o Intestino

Hoje em dia é comum as pessoas reclamarem que está com intestino preso, muitos apelam para laxantes, mas estes medicamentos tem benefício momentâneo e a longo prazo, eles tendem a danificar a mucosa intestinal.

Uma alimentação correta e saudável é fundamental para corrigir patologias intestinais e manter esse órgão em equilíbrio. 

A dieta abaixo pode ajudar na recuperação da eubiose intestinal.

CAFÉ DA MANHÃ: fruta fresca da estação. Uma maçã, alguns figos ou ameixas secas, colocadas de molho num pouco d’água na noite anterior. Beber muita água. Iogurte e coalhada naturais feitas melhor com Kefir. Evitar os alimentos em que haja mistura de farinhas e açúcar, pois ela acidifica o organismo.

ALMOÇO: comer apenas um prato; melhor arroz do que macarrão e pão branco; verduras e legumes crus à vontade. Algumas azeitonas pretas.

JANTAR: comer apenas um prato, sempre com verdura crua. Alternar: frango, peixe, ovos, queijos de cabra ou ovelha, iogurte ou coalhada. Melhor evitar carnes vermelhas. Atenção aos alimentos à base de soja, pois quase sempre fazem parte dos OGMs (organismos geneticamente modificados).

FRUTAS: melhor quando estão maduras e da estação, mas sempre longe das refeições principais, não usar sucos de frutas.

DOCES: reduzir ao máximo; devem ser evitados depois das refeições.

ELIMINAR: café com leite, leite e laticínios de vaca. Salames, mortadelas, embutidos e laticínios de vaca. Carnes vermelhas. Bebidas com gás, sucos de fruta conservados. Pão branco e mole; melhor o pão de trigo sarraceno, ou biscoitos sem glúten de boa marca.

Fonte : sosortomolecular

Vitaminas Presente nos Alimentos e suas Funções no Organismo

As vitaminas são substâncias orgânicas necessárias em pequenas quantidades como coenzimas ou enzimas, em processos metabólicos distintos que são fundamentais para o funcionamento normal do organismo.

Em condições normais, o seu aporte ao organismo faz-se, basicamente, através da ingestão de alimentos. Porém, existem situações em que os requisitos vitamínicos não são supridos e, logo, justificam a sua utilização terapêutica.

Vitaminas não são produzidas pelo organismo devem ser adquiridas através da ingestão de alimentos.

A falta de vitaminas pode acarretar em diversas doenças (avitaminoses). Elas podem ser de dois tipos: hidrossolúveis (solúveis em água e absorvidas pelo intestino) e lipossolúveis (solúveis em gorduras e absorvidas pelo intestino com a ajuda dos sais biliares produzidos pelo fígado).

Fontes de vitamina A


A vitamina A é necessária para a visão, ajuda o corpo a combater infecções e contribui para uma pele saudável.

Principais fontes de vitamina A:

- couve
- brócolis
- espinafre
- cenoura
- abóbora
- batata doce
- fígado
- ovo
- leite integral e queijo

Fontes de vitamina C

A vitamina C é necessária para a saúde dos ossos, vasos sanguíneos e pele, além de ser antioxidante.

As principais fontes de Vitamina C incluem:

- brócolis
- pimentão
- pimenta
- couve-de-bruxelas
- laranja
- uva
- tomate
- batata
- papaia
- repolho
- morango

Fontes de vitamina D


A vitamina D é necessária para ossos saudáveis.

As fontes alimentares de Vitamina D são:

- óleo de fígado de peixe
- leite e cereais fortificados com essa vitamina

O corpo pode fabricar vitamina D suficiente com exposição à luz solar de 10 a 15 minutos duas vezes ao dia.

Fontes de vitamina E


A vitamina E é um antioxidante que ajuda a prevenir os danos celulares. Além disso, vitamina E ajuda no fluxo sanguíneo e na reparação de tecidos.

As principais fontes de Vitamina E são:

- óleo de germe de trigo
- gema de ovo
- bife de fígado
- peixe
- leite
- óleos vegetais
- nozes
- frutas
- ervilha
- feijão
- brócolis
- espinafre

Fontes de vitamina H (biotina)

A vitamina H é necessária para o crescimento de muitas células e ajuda o corpo a usar carboidratos e gorduras.

Entre as principais fontes de Vitamina H estão:

- fígado
- gema de ovo
- cereais
- levedura
- ervilha
- feijão
- nozes
- tomate
- vegetais verdes folhosos
- leite

Fontes de vitamina K

A vitamina K ajuda na formação dos ossos e coagulação sanguínea.

As principais fontes de vitamina K incluem:

- alfafa
- espinafre
- repolho
- queijo
- brócolis
- couve-de-bruxelas
- couve
- tomate
- óleos vegetais

O corpo geralmente fabrica toda a vitamina K que precisa.

Fontes de vitaminas B


Fontes de vitamina B1

A vitamina B1 ajuda o corpo a usar carboidratos para energia e é bom para o sistema nervoso. 

As principais fontes de vitamina B1 são:

- levedura
- presunto
- carne de porco
- fígado
- amendoim
- cereais integrais
- leite

Fontes de vitamina B2


A vitamina B2 ajuda o organismo a usar proteínas, carboidratos e gorduras, além contribuir para a saúde da pele.

As principais fontes de vitamina B2 são:

- fígado
- ovo
- queijo
- vegetais verdes folhosos
- ervilha
- feijão
- pão integral

Fontes de vitamina B3

A vitamina B3 é boa para o sistema nervoso central e pele. Vitamina B3 também ajuda o organismo a usar proteínas, carboidratos e gorduras.

As principais fontes de vitamina B3 são:

- fígado
- levedura
- farelo de trigo
- amendoim
- carnes vermelhas magras
- peixe
- frango

Fontes de vitamina B5

A vitamina B5 ajuda o corpo a fabricar células vermelhas sanguíneas e a suas carboidratos e gorduras. 

As principais fontes de vitamina B5 são:

bife
frango
lagosta
leite
ovo,
amendoim
ervilha
lentilha
brócolis
levedura
grãos integrais

Fontes de vitamina B6


A vitamina B6 é boa para o sistema nervoso, ajuda o sangue a carregar oxigênio e ajuda o corpo a usar proteínas e gorduras.

As principais fontes de vitamina B6 são:

- fígado
- grãos integrais
- gema de ovo
- amendoim
- banana
- cenoura
- levedura

Fontes de vitamina B9 (ácido fólico)

A vitamina B9 previne alguns defeitos de nascença e ajuda o corpo a fabricar e manter células novas. 

As principais fontes de vitamina B9 são:

- vegetais verdes folhosos
- fígado
- levedura
- feijão
- laranja

Fontes de vitamina B12

A vitamina B12 é boa para o sistema nervoso e ajuda o corpo a fabricar células vermelhas sanguíneas. 

As principais fontes de vitamina B12 são:

- leite
- ovo
- fígado
- frango
- marisco
- sardinha
- linguado
- arenque
- ovo
- queijo
- cereais

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Dicas para aumentar a produção de Fosfoetanolamina no próprio Corpo


A Fosfoetanolamina é uma substância produzida pelo corpo humano, é sintetizada por algumas células do nosso corpo como as do fígado e do músculos do bíceps.

De acordo com estudos, a Fosfoetanolamina pode ter como função ser antitumoral, possuindo ação antiproliferativa, estimula a morte celular programada e impede que o câncer se espalhe.

As pessoas que estão em busca de tratamento com a fosfoetanolamina contra o câncer, pode começar a aumentar a produção endógena natural desta substância, através da nutrição e dieta específica.

Vitamina K2

Estudos tem mostrado que a suplementação de menaquinona, aumenta em até 500% a fosfoetanolamina dentro das células tumorais, podendo levar tais células a morte celular.

A menaquinona K2, destrói as células com câncer, isto foi demonstrado em alguns artigos, a fosfoetanolamina produzida pode eliminar o câncer através de dosagens diária de menaquinona por alimentação e suplementação.

Para que isso ocorra a dosagem deve estar correta e individualizada. Não tome suplementos sem a orientação correta. O estudo demonstrou efeitos de apoptose em Leucemia, câncer de ovários, fígado e outros.

Funções da menaquinona K2 no organismo :

* Regulação da distribuição de cálcio (ou seja, como nosso corpo usa e armazena cálcio) por meio da ativação de certas proteínas que depositam e organizam cálcio e fósforo nos ossos e dentes e assim previne esse mesmo cálcio de ser depositado nos tecidos macios dos vasos sanguíneos, rins, etc.
* Síntese de certos lipídios (a bainha de mielina das células nervosas) usados no metabolismo de nosso cérebro.
*Importante potencializador da vitamina D.

Fonte de menaquinona K2

A menaquinona K2 é encontrada em :

- Gorduras de animais que comem grama
- Alimentos fermentados de origem vegetal ou de origem animal
- Queijos
- Iogurte
- Produtos lácteos fermentados
-Coalhada
- É produzida pelas bactérias encontradas na flora intestinal saudável
- A melhor fonte de vitamina K2 é o natto, prato tradicional japonês rico em vitamina K2 de cadeia longa menaquinona-7. Como o natto permanece impopular no mundo ocidental, a suplementação com vitamina K2 adicional é a alternativa ideal

Veja aqui: Provável Ação da Fosfoetanolamina no Combate ao Câncer

Alguns alimentos que aumentam a Fosfoetanolamina no Orgarnismo

Como a fosfoetanolamina já está presente no nosso corpo e é composta de três estruturas: ácidos graxos, ou seja, gorduras; fósforo na sua forma iônica e etanolamina, que é um derivado do álcool e já faz parte das membranas celulares é possível estimular a produção só com a alimentação.

- Uma porção de amêndoas(150g) em cada refeição, já consegue as gorduras necessárias para produzir.

- Com três ou quatro folhas de vegetais escuros, como a berinjela e o agrião, a parte do fosfato está garantida.

- Estes alimentos citados e umas três porções de cereais (trigo, milho e centeio, na forma natural), fornecem a parte alcoólica da mistura, o fígado é capaz de sintetizar quantidades moderadas da substância. De acordo com estudos do Dr. Cherice, essa alimentação forneceria o equivalente a três doses (comprimidos) de fosfoetanolamina.


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Como ter um Café da Manhã Saudável ?

Tomar um café da manhã saudável é uma ótima forma de começar o dia, é bom para o metabolismo e ótimo para manter a forma.

Para começar o dia de maneira saudável é necessário incluir fibras e frutas na primeira refeição do dia.

Aquele famoso mingau de aveia é uma alternativa barato e saudável.

Além de aveia, um café rico em fibras inclui frutas, cereais e torradas integrais.

Alguns cereais com alto índice de fibras podem conter sal ou açúcar para ficar mais saborosos, então é muito importante ficar alerta nestes quesitos, estar sempre atento aos rótulos, já que alguns têm menos açúcar e sal adicionado.

O sal altera a pressão arterial e retém liquido e o açúcar além de engordar, aumenta a glicose no sangue, podendo causar diabetes, quanto menor quantidade de sódio e açúcar, melhor.

O ideal é comerem fruta pela manhã. É muito melhor que suco, porque a fruta já contém fibras.

Dica

Café da manhã


- Acrescente duas colheres de sopa de aveia no leite, no iogurte ou sobre frutas, como mamão, banana e abacate.