sábado, 23 de novembro de 2013

Depurativo do Sangue

Depurativos do Sangue


Chapéu de Couro


Chapéu de Couro (Echinodorus macrophyllus)


Chapéu-se-Couro, nome estranho para uma planta que nada tem de chapéu e nem de couro. Este nome provavelmente foi dado pela população devido ao seu aspecto áspero, rústico, parecido com o próprio couro. Normalmente encontra-se plantas com folhas grossas e coriáceas (parecida a couro) em locais de pouca água, como caatinga e cerrados, sendo uma defesa da planta para evitar a perda de água excessiva. 



No caso do Chapéu-de-Couro é estranhamente diferente, pois ele vegeta em locais alagados, ou seja, ele precisa de um filme de água sobre o solo para poder se desenvolver. Acredito que seja justamente isto que tenha chamado a atenção da população, pois apresenta aspectos de vegetação onde normalmente tem pouca disponibilidade de água, sem estranho vegetar em local alagado.



Afinal de contas para que serve o Chapéu-de-Couro ?


Possui uma ação incrível no sistema urinário. Possui ação diurética, auxilia na eliminação de pedras, faz uma verdadeira assepsia nas vias urinárias. O Chapéu-de-Couro é o famoso curinga para o sistema urinário, quando existe um problema neste sistema e não se consegue saber exatamente o que é, e qual medicamente empregar, normalmente o Chapéu-de-Couro é o fitoterápico escolhido. 

Também apresenta um efeito depurativo muito acentuado, sendo empregado normalmente para vários tipos de doenças de pele e com resultado ótimo para o excesso de ácido úrico. Ele pode ser consumido na forma de chá, tintura, cápsulas e extrato fluído. Em casos mais graves, mais agudos, onde se deseja uma resposta rápida, é mais recomendado o uso do estrato fluido. Em casos mais crônicos o uso do chá pode ser uma excelente alternativa.


Salsaparrilha (Smilax sp)

A Salsaparrilha é conhecida pelo seu poder afrodisíaco e anabólico. Foi descoberto que a testosterona (hormônio sexual masculino) se encontra na raiz. Há já alguns anos que as geninas das saponinas esteróidicas da salsaparrilha, assim como outros fitoesteróides de outros vegetais, são utilizados para a produção de variados esteróides como, por exemplo, a testosterona, o estradiol, a progesterona e diversos corticoesteróides.

Depurativo do sangue, é usada como diurética, para combater a gota, ácido úrico e artrite e reumatismo. Ajuda a diminuir a dificuldade em urinar e a eliminar pedras nos rins e bexiga. Externamente é usada para lavar eczemas. Em doses elevadas pode provocar náuseas. 

As substâncias fitoquímicas conhecidas nas raízes de salsaparrilha São as seguintes; potássio, vários glucídios (amido, glucose, manose), colina, sarsapogenina (uma sapogenina esteróidica), e uma saponina esteróidica, o sarsaponósido ou sarsasaponina, que por hidrólise ácida origina uma molécula de sarsapogenina, duas moléculas de glucose e uma molécula de ramnose. Estas conversões são feitas com o recurso, não só às técnicas da química orgânica, mas também e particularmente às biotecnologias de fermentação que se apóiam nas capacidades metabólicas de variados microrganismos, que fazem a conversão de umas substâncias noutras.

A salsaparrilha possui ainda a vantagem de não provocar retenção hídrica, e pelo contrário provocar uma eliminação fisiológica da água e sódio retidos excessivamente, sem provocar depleção de potássio e outros minerais e oligo-elementos indispensáveis ao normal funcionamento orgânico.

A salsaparrilha também não provoca desequilíbrios hormonais conducentes, por exemplo, a ginecomastia e a atrofia testicular com impotência, assim como não prejudica o normal funcionamento do fígado e da próstata. 

Existe no mercado o Depuratone.



Depuratone é um medicamento fitoterápico nacional produzido pela Belém Jardim, indicado como tônico e depurativo do sangue. Possui propriedade diurética, eliminando as toxinas do organismo pela urina e fezes.

Gestantes, nutrizes e crianças de até 3(três) anos e portadores de qualquer enfermidade, somente devem consumir esse produto sob orientação de nutricionista ou médico.

Composição
O fitoterápico Depuratone é composto por:
Caroba – Jacaranda Caroba DC.
Carqueja– Bacharis Genistelloides (Lam.) Pers.
Chapéu de couro – Echinodorus Macrophyllus (Kunth) Micheli
Cipó cravo – Tynanthus Fasciculatus Miers
Cipó suma – Anchietea Salutaris A. St.-Hil.
Salsaparrilha – Smilax Officinalis H.B.&K.
Sassafrás – Ocotea Pretiosa Mez
Uva-ursi – Arctostaphylos uva-ursi (L.) Spreng.

Alimentos e plantas com propriedades depurativas



Hortaliças

  • Agrião • Suco diluído em água. Tomar 2 xícaras ao dia.
  • Alho • Amassar 3 dentes de alho e deixá-los de molho durante 6 horas. Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Cebola • Suco diluído em água e combinado com limão. Tomar 2 xícaras ao dia.

  • Inhame • Utilizar nas refeições cozido em água e temperado com azeite de oliva e sal.

  • Pepino • Suco diluído em água. Tomar 250 ml de manha, em jejum.

  • Salsa • Chá da raiz (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras, ao dia.
Frutas

  • Abacaxi • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*

  • Laranja • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*

  • Limão • Cura de limão. Siga as orientações da página 50.

  • Maçã • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*

  • Pêra • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*

  • Uva • Refeições exclusivas 3 vezes por semana.*

Plantas
  • Carqueja • Chá das folhas (40 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Confrei • Chá das folhas (20 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Chapéu-de-couro • Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Dente-de-leão • Suco diluído em água. Tomar 1 xícara, ao dia.
  1. • Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.
  2. • Utilizar em refeições na forma de saladas cruas.

  • Sabugueiro – Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.

  • Salsaparrilha • Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.

  • Sucupira • Chá das raízes (20 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Tanchagem • Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário